O Mediterranean Replication Toolkit faz parte da essência do projeto MedRiSSE e seu principal objetivo é analisar uma série de práticas bem-sucedidas e eficientes realizadas nos países participantes para que possam ser replicadas em outros lugares.

Estes exemplos de inovação social que permitem a coprodução de serviços públicos em colaboração com entidades da Economia Social e Solidária (ESS) serão fundamentais para a concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em geral e para a proteção dos direitos económicos e sociais dos grupos mais vulneráveis nas economias pós-Covid19 na Bacia do Mediterrâneo.

No passado dia 15 de dezembro de 2021, o workshop de apresentação no âmbito do projeto MedRiSSE foi liderado pelo nosso parceiro italianoARCO – Pesquisa-Ação para CO-Desenvolvimento(PIN Scrl, Educational and Scientific Services for the University of Florence, Itália), responsável pela elaboração do Mediterranean Toolkit, uma das ferramentas centrais do projeto.

A ARCO apresentou a metodologia e as principais conclusões após a revisão preliminar da literatura, ambas as primeiras etapas do trabalho a ser realizado. Em seguida, eles introduziram o caminho de desenvolvimento para o produto final (Mediterranean Replication Toolkit) juntamente com um cronograma dos próximos passos a serem abordados para chegar à entrega final da ferramenta.

Ao longo do progresso do MedRISSE e seguindo o quadro de avaliação elaborado, a ARCO avaliará os potenciais e as barreiras à escalabilidade dos modelos de coprodução e das atividades de inovação empresarial e social que foram desenvolvidas porMedTOWN,MoreThanAJob,MedUP,RUWOMED &IESS, projetos financiados pelo Instrumento Europeu de Vizinhança (IEN). Por fim, com base nos resultados da avaliação,A ARCO elaborará 5 roteiros de escalabilidade para cada um dos resultados do projeto e contribuirá para sua disseminação.

 

Assim, a primeira tarefa que nossos parceiros estão realizando é aidentificação das boas práticas a serem avaliadase, logo em seguida, o preenchimento de um questionário elaborado para coletar os dados necessários para a avaliação. Especificamente, entre outras informações necessárias, os parceiros explicarão por que escolheram essas iniciativas como boas práticas e como foram implementadas, bem como quais atores e recursos foram envolvidos.

Esta fase dos questionários está prevista para durar de março a junho de 2022, quando continuarão as próximas etapas do plano elaborado pela ARCO: análise de dados, avaliação e elaboração dos 5 roteiros.

 

Para saber mais sobre o trabalho da ARCO para o projeto MedRiSSE, cliqueaqui

0 comentários

Deixe uma resposta

Faça login com suas credenciais

ou    

Esqueceu seus dados?

Criar uma conta