Pensamento de resiliência

Dentro de pensamento de resiliência, existem três grandes vertentes das quais partem todas as pesquisas e pensamentos conceituais. A primeira já foi mencionada antes, a saber, que existem interdependências complexas entre pessoas e ecossistemas.

O segundo é um aspecto histórico e descreve a tremenda aceleração do desenvolvimento humano nos últimos 200 anos, especialmente desde a Segunda Guerra Mundial. Essa aceleração está empurrando nosso planeta perigosamente para perto de seus limites, a tal ponto que mudanças ambientais abruptas não podem ser excluídas. Além disso, levou os cientistas a argumentar que entramos em uma nova era geológica chamada de Antropoceno, ou Idade do Homem, onde a humanidade está influenciando todos os aspectos da Terra em uma escala semelhante às grandes forças da natureza.

A terceira vertente destaca o fascinante paradoxo de que a capacidade inovadora que nos colocou na atual situação ambiental também pode ser usada para nos empurrar para fora dela. Pensamento de resiliência abrange aprendizagem, diversidade e como se adaptar a uma ampla gama de desafios complexos. Introduz o termo pensamento socioecológico que essencialmente se esforça para encontrar formas inovadoras de se reconectar com a biosfera e permanecer dentro dos limites planetários.

«Voltar ao Índice do Glossário

Faça login com suas credenciais

ou    

Esqueceu seus dados?

Criar uma conta